Regina Barros leal

O conhecimento do Homem passa pelo entendimento de si mesmo. Está tudo em você!

Textos

Minha noite!
Minha noite!
Regina Barros Leal

Debruçada,  olhei a noite  da janela do quarto
Sombras e luzes,  alçavam a madrugada chegando
Sustei em mim, buscando  o silêncio falante
Senti o  frescor da alma, sem véus e sem fardo
Numa veludosa e sonora gargalhada vibrante

A noite de tão bela, brotou um hálito refrescante
São dos lábios da boca da noite misteriosa
Andei no corredores ornados de prata dos cabelos da lua
Vi o meu interior, conecta-se às luzes  e minha alma sorriu
Firmei meu ânimo nascente,  na infinita beleza da luz nua

Banhei-me na águas puras que regam meus sonhos maduros
Envolta em fios de prata, brilhei na noite encantada
Não tinha idade! Rejuvenescida senti-me criança amada
E a ternura tomou conta de mim, vontade sublime!
Eis ai, um divino sentimento de unidade plena

Regina Barros Leal
Enviado por Regina Barros Leal em 20/09/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras