Regina Barros leal

O conhecimento do Homem passa pelo entendimento de si mesmo. Está tudo em você!

Textos

FANTASIA

Deito-me
Banho-me na cachoeira de meus sonhos arrojados
Debruço-me no chão de minhas paixões extravagantes
Meu cabelo molhado tem cheiro de primavera
Sorrio com o voo das borboletas
Observo o andar suave das garças que passeiam no meu paraíso
O verde da grama em que piso me lembra o tapete mágico das estórias infantis
Deito-me e olho para o céu de minha imaginação
Vejo nuvens e lá está o dragão encantado e a ovelha fujona
Fecho os olhos e sinto-me perto do mundo encantado das fadas
Doce fantasia!
Árvores enormes me protegem do vento forte
Delicio-me com a paisagem indecifrável de minhas ilusões
Toco as rosas, enrosco-me nos galhos dos eucaliptos e sorrio com o vento.
Ah! Quem me dera poder eternizar esse momento de doce magia.
Desperto


 
Regina Barros Leal
Enviado por Regina Barros Leal em 01/12/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras